Dias de lágrimas para alguém que nos fez tanto sorrir – Paulo Gustavo

Sonhos tristes iluminarão o céu de maio. Nesta terça (4) nos deixou Paulo Gustavo. A morte deste grande humorista nos faz refletir sobre o que antes era dito (ou não dito), ou seja, atletas, pessoas saudáveis, jovens e não obesos, também estão vulneráveis. Não obstante, o que também nos faz refletir, é que este vírus não tem classe social. Ele abala não somente a saúde, mas todos os âmbitos da sociedade, como: cultura, comunicação e arte. Enfim, estamos todos vulneráveis. Solidariedade aos familiares do ator.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *